Centro de informação COVID-19. Encontre recursos, links e informações úteis para pequenas e médias empresas. Saiba mais

Investimento de 350 milhões de libras do Santander na Ebury foi concluído

  • Voltar
  • Análise do Mercado de Câmbios
    Análise do Mercado de Câmbios|Geral
    Análise do Mercado de Câmbios|Relatórios especiais
    Comércio Internacional
    Comércio Internacional|Finanças para empresas
    Finanças para empresas|Fintech
    Finanças para empresas|Sobre a Ebury
    Fintech
    Fraude
    Geral
    Imprensa
    Relatórios especiais
    Sobre a Ebury
  • Latest

29 April 2020

Escrito por
joanasaomiguel

A Ebury tem o prazer de confirmar que o investimento de £ 350 milhões do Santander na empresa foi concluído depois de obter com êxito todas as aprovações regulatórias das autoridades necessárias.

A
Ebury continuará a operar de forma independente e mantendo a sua cultura empresarial, beneficiando-se do apoio adicional que uma das maiores instituições financeiras do mundo pode oferecer. O acordo também nos fornece acesso à grande rede internacional do Santander e significa que a empresa pode continuar a sua rápida expansão em mercados como a América Latina.

Estamos entusiasmados com as oportunidades que este investimento traz para o futuro, mas também com o facto dos nossos clientes receberem ainda mais benefícios para além dos produtos de alta qualidade e experiência de cliente que a Ebury ofereceu nos últimos dez anos.

Leia o comunicado completo aqui:

O Banco Santander anunciou hoje a conclusão da compra de uma participação de 50,1% da Ebury, uma das melhores plataformas internacionais de pagamento, câmbio e gestão de risco cambial para PMEs, após obter todas as aprovações regulatórias das autoridades exigidas. Essa transação foi anunciada em novembro de 2019 e faz parte da estratégia digital do banco, fornecendo às PMEs as ferramentas necessárias para a sua expansão internacional através de serviços globais de financiamento ao comércio.

A Ebury já realiza operações em 20 países e 130 moedas e aumentou a sua receita em 50% ao ano em média nos últimos três anos. Com o apoio de um grupo internacional como o Santander, a empresa poderá expandir os seus negócios para outros mercados da América Latina e Ásia. A Ebury mantém a sua sede no Reino Unido, de onde opera uma plataforma de distribuição global exclusiva, suportada por um modelo de negócios baseado em dados e que oferece produtos de alta qualidade e experiência ao cliente.

O Santander investiu cerca de 350 milhões de libras (cerca de 400 milhões de euros) no negócio. Desse montante, 70 milhões de libras foram utilizadas ​​para reforçar os recursos da empresa para sustentar a sua expansão internacional. O acordo fornece à Ebury acesso à rede internacional do Santander. O banco já suporta mais de quatro milhões de PMEs em todo o mundo, das quais mais de 200.000 operam internacionalmente. O banco também pode oferecer suporte à base de clientes existente de Ebury, que inclui PMEs e empresas, e acordos com parceiros financeiros e outros do setor.

Sergio Rial, Chairman do Santander Brasil e Chairman da Ebury, afirmou: “O investimento na Ebury é um marco estratégico significativo para o banco, permitindo aumentar nossas capacidades num mercado muito interessante e com elevado potencial de crescimento. Esta nova aquisição irá fornecer-nos os recursos para aumentar ainda mais o negócio de Global Trade Services com uma nova plataforma de classe mundial através da qual esperamos um retorno significativo do investimento nos próximos anos. ”

Juan Lobato e Salvador Garcia, co-fundadores of Ebury, explicam: “Em pouco mais de dez anos, a Ebury passou de uma pequena empresa de tecnologia para uma empresa com mais de 1.000 funcionários. Agora, graças ao apoio do Santander, poderemos expandir a empresa para ainda mais países e entrar em novos mercados”.

Através dos seus negócios de Global Trade Services, o Santander apoia o acesso aos mercados internacionais para pequenas e médias empresas através de financiamento comercial, cadeias de distribuição, pagamentos e câmbio, com serviços rápidos e eficientes. Com um pool de receita em torno de US $ 200 bilhões, o objetivo da plataforma global do banco é liderar o comércio internacional de pequenas e médias empresas na Europa e na América Latina, e pretende expandir para 20 mercados no médio prazo.

A Ebury opera com 43.000 empresas ativas e em mais de 130 moedas, de acordo com os dados de 2019. As receitas da Ebury cresceram mais de 60% durante o último período relatado e espera atingir um crescimento de 60% no atual ano fiscal que termina em Abril de 2020.

Partilhar