Euro estabiliza à medida que notícias políticas começam a melhorar

Enrique Díaz-Álvarez02/Jul/2018Análise do Mercado de Câmbios

O Dólar, o Euro e a Libra tiveram uma semana de alguma volatilidade. O Dólar avançou mais cedo na semana, à medida que a aversão ao risco varreu os mercados em resposta à notícia de que Trump estava a considerar aplicar restrições aos investimentos chineses. O Euro continuou a ser afetado pelos receios de que a ausência de um acordo sobre os migrantes vote ao fracasso a coligação governativa de Merkel na Alemanha. No final da semana, notícias de que um acordo surpresa havia sido alcançado, juntamente com as excelentes notícias sobre os investidores alemães trazidas pelo inquérito IFO, facilitaram a recuperação do Euro sem mais alterações, durante a semana, seguido de perto pela Libra.

O derrotado da semana foi o Dólar da Nova Zelândia, que caiu 2%, com a notícia de que o banco central se tem mostrado preocupado com os riscos de recessão da economia.

Esta semana, os olhos estarão postos no relatório sobre o emprego nos EUA, que surgirá na sexta-feira. Os índices PMI da atividade comercial no Reino Unido, que sairão tanto na segunda como na quarta-feira, também podem abalar a Libra, enquanto as reuniões dos bancos centrais da Austrália e da Suécia terão lugar na terça-feira.

EUR

O surpreendente acordo da União Europeia sobre a política de migração ofereceu algum apoio muito necessário à moeda comum. No entanto, a notícia, no domingo à noite, de que os Sociais Cristãos da Baviera estavam a exigir que fosse recusada a entrada na fronteira aos migrantes registados noutro país (violando os acordos de Schengen), foi uma nova ameaça à coligação governativa do país. Existem poucas notícias económicas ou políticas na zona Euro esta semana, à exceção das encomendas das fábricas alemãs, na quinta-feira. As principais questões políticas irão manter-se sob controlo.

GBP

A Libra seguiu de perto as movimentações do Euro face às divisas não europeias, graças a uma semana muito tranquila e sem grandes acontecimentos, nem no que se refere a notícias económicas nem sobre as negociações do Brexit. As transações da semana serão influenciadas pela publicação, na segunda-feira, dos índices PMI da atividade comercial, na segunda ou quarta-feira. Existe uma forte possibilidade de ocorrer uma boa surpresa, em resultado do tom mais seguro das recentes notícias económicas saídas do Reino Unido. Se for o caso, existirá uma forte possibilidade de a Libra correr contra o Euro e o Dólar.

USD

Há várias semanas que as notícias económicas dos EUA têm sido anunciadas com mais tranquilidade do que se previa. É ainda cedo para atribuir qualquer significado a este facto, mas a ausência de reação por parte do Dólar norte-americano significa que, provavelmente, está vulnerável a qualquer surpresa negativa trazida pelo relatório sobre o emprego dos Estados Unidos da América, na sexta-feira à tarde, considerando as expectativas gerais de mais uma publicação forte. A publicação das atas da última reunião da Reserva Federal, na quinta-feira, será igualmente importante.

Print

Written by Enrique Díaz-Álvarez

Diretor de Risco da Ebury. Responsável pela gestão estratégica e análise do mercado de câmbios para a empresa e seus clientes. Enrique é reconhecido pela Bloomberg como um dos analistas mais precisos e exactos nas suas previsões de câmbios.