INE divulga estatísticas: exportações na Zona Euro aumentam

Isabel Chaves14/Apr/2016Comércio Internacional

O Instituto Nacional de Estatística (INE) publicou recentemente os números referentes aos comércio internacional em Portugal durante o mês de Fevereiro. De acordo com estes dados, entre Dezembro de 2015 e Fevereiro de 2016, as exportações portuguesas dentro da Zona Euro aumentaram 3,7%, para €7,221.9 milhões, face ao período homólogo, enquanto que as importações para este mesmo destino cresceram 3,1%, para €9,824.5. Ainda assim, o saldo da balança comercial para este trimestre situou-se nos €-2,602.6 milhões.

A nível global verificamos que a balança das exportações sofreu uma retração de 1,2% entre Dezembro de 2015 e Fevereiro de 2015, para €11,322.1 milhões comparativamente ao mesmo período do ano passado, enquanto que a das importações aumentou 1,4%, situando-se nos €13,845.7 milhões.

 

Dentro da UE

No caso do comércio internacional dentro da União Europeia, os dados divulgados indicam que as exportações ascenderam aos €8,618.4 milhões e as importações a €10,854.2 milhões. Temos assim um saldo negativo de €-2,235.8 milhões na balança comercial, não muito diferente o registado no período homólogo, que era €-2,236.5 milhões. Percentualmente, e comparando com mesmo período do ano passado, vemos que as exportações aumentaram 3,9% e as importações 3%.

Fora da UE

Se considerarmos o comércio internacional fora da União Europeia, o cenário é mais negativo, uma vez que tanto exportações as como as importações registaram quedas face ao trimestre homólogo, com as primeiras a cair 14,5% e as segundas, 4,1%. Em termos de valor, as primeiras situaram-se nos €2,703.6 milhões e as segundas nos €2,991.5 milhões.

Relativamente aos produtos mais exportados, o mesmo documento refere ainda que, entre Janeiro e Fevereiro de 2016, os mais receita trouxeram a Portugal foram máquinas e aparelhos (17,1%); combustíveis minerais (10,1%); metais comuns (8,1%); produtos alimentares (6,6%); pastas celulósicas e papel (6,5%); plásticos e borracha (%4,7); outros produtos (4,6%); calçado (2,7%); vestuário (2,4%); ótica e precisão (2,1%) e peles e couros (0,5%).

Destinos das importações e exportações portuguesas

A nível de destino de importações, durante o mês de Fevereiro, Espanha foi o país de onde mais importamos, seguindo-se da Alemanha, França, Itália e Países Baixos. No caso das exportações, Espanha também foi o nosso principal destino, seguindo-se França, Alemanha, Reino Unido, Países Baixos e Itália.

Print

Written by Isabel Chaves

Marketing Executive na Ebury para Portugal. Licenciada em Comunicação e com uma pós-graduação em Marketing Digital, conta com experiência em gestão de conteúdos, tanto online como offline.